Para visitar Hamburgo, é preciso mais do que apenas poucas horas para conhecer tudo a cidade têm a nos oferecer. Oficialmente Cidade Livre e Hanseática de Hamburgo, é a segunda maior cidade da Alemanha e segunda maior cidade portuária da Europa e, eventualmente, rica em história, cultura e pontos turísticos.

A cidade é a maior da região norte e concentra um centro comercial com lojas de todos os departamentos. Confesso que minha ida para Hamburgo foi mais para compras do que a turismo, mas pelo caminho fui turistando e fiquei com aquele gostinho de quero mais.

Um pouquinho de História

O nome oficial da cidade vem da sua história como membro da Liga Hanseática, uma Cidade Imperial Livre do Sacro Império Romano-Germânico.

A cidade é marcada por grandes destruições, por exemplo, o Grande Incêndio de Hamburgo, que devastou a cidade durante 3 dias, além de inundações costeiras e conflitos militares, como a Operação Gomorra, o maior bombardeamento durante a Segunda Guerra Mundial. Entretanto, em meio a tamanha destruição, a que a cidade conseguia se recuperar e emergir mais rica após cada catástrofe.

Além de possuir o segundo maior porto da Europa, Hamburgo incorpora um importante centro financeiro e comercial, sendo a sede da mais antiga bolsa de valores da Alemanha.

Sede do jornal Der Spiegel – o mais importante da Alemanha

Como chegar em Hamburgo

A maneira mais fácil de chegar no centro de Hamburgo é pela estação de trem central, a Hauptbahnhof. Ela te conecta com várias estações e linhas de transporte público, tanto de metrô quanto de trem, podendo ir para qualquer lugar da cidade, inclusive o aeroporto.

Hafencity – Cidade Portuária

Como eu tinha poucas horas na cidade, acabei circulando apenas na região portuária da cidade. Às margens do rio Elba, a área antiga do porto, deu lugar ao maior projeto de desenvolvimento urbano da Europa. Uma parte da região ainda encontra-se em obras e vem recebendo prédios sustentáveis e projetos grandiosos, como a Filarmônica do Elba (Elbphilharmonie), inaugurada em 2017.

Saindo da Hauptbahnhof, segui pela Mönckebergstraße, uma rua cheia de galeria e comércio. Em alguma esquina à esquerda avistamos a Igreja de St. Jacobi.

Igreja St. Jacobi

Chilehaus

Caminhamos mais alguns metros e próximo dessa região encontramos a Casa do Chile (Chilehaus) . Um edifício de escritórios, com uma arquitetura bem interessante.

A Chilehaus é famosa por seu ápice, que lembra a proa de um barco e por suas fachadas que se unem em um ângulo muito agudo na esquinas das ruas Pumpen e Niedernstrasse. Na construção do edifício de 10 andares, em meado dos anos 20, foram utilizados mais de 4.8 milhões de ladrilhos.

Bem atrás da Chilehaus fica o Chocoversum, um museu de chocolate, mas fiz promessa de não comer chocolate, então é melhor nem passar na porta.

A cidade portuária é basicamente constituída por seus canais e edifícios de tijolos, sendo muitos deles museus, dentre eles o Museu da Alfandêga (Deutsches Zollmuseum) e o Museu Marítimo (Internationale Maritimes Museum).

Deutsches Zollmuseum

Speicherstadt

Atravessando a ponte Kornhausbrücke, logo você chega ao quarteirão conhecido como Cidade dos Armazéns (Speicherstadt), o maior complexo de depósitos históricos do mundo.

Com sua arquitetura em tijolinhos, suas pontes e seus estreitos canais, a tornam uma das partes mais bonitas do porto. Por isso desde 2015, a região, juntamente com a zona adjacente de Kontorhausviertel e a Chilehaus, faz parte do Patrimônio Mundial da UNESCO.

No final no canal está o País das Maravilhas em Miniatura (Miniatur Wunderland), um museu incrível que recria a vida em miniatura.

É de se perder diante a tantos canais, mas seguimos andando até o parque Sandtor. Ele possui uma visão privilegiada do porto. Em suma é um bom lugar para sentar, relaxar e comer.

Elbphilharmonie

Ao fundo, na ponta do canal, podemos avistar a mais nova obra de Hamburgo, a Filarmônica de Elba. A construção recebe este nome em virtude de estar situada às margens do rio Elba, é o mais novo cartão-postal da cidade hanseática, inaugurado em 2017.

Elbphilharmonie

O edifício, construído sobre um armazém, possui não apenas uma das melhores salas de concerto do mundo, como também uma praça elevada com vista panorâmica sobre a região portuária. Ali você pode tomar um café ou fazer uma refeição. É possível acessar a praça elevada mediante pagamento de entrada, mas não sei precisar o valor.

Depois de ficar alguns minutos admirando o lugar, deixamos o turismo um pouquinho de lado e voltamos para o que de fato fomos fazer em Hamburgo: compras.

Por mais que tenha sido uma breve visita, a cidade me deixou com aquela sensação de quero mais. Sendo assim, voltarei, em um dia ensolarado de preferência, trazendo mais novidades aqui pra vocês.

Gostaram de conhecer mais sobre a cidade portuária de Hamburgo? Deixe seu comentário, suas dicas e sugestões, e até a próxima viagem!

Você também pode gostar:

26 comentários

  1. People promote to various respectable points right now there. I peeked on the web for that deal out in addition to got back the majority of people determination go with with your website. Nanette Avigdor Wavell

  2. I used to be suggested this web site via my cousin. I’m no longer
    positive whether this publish is written by him as no one else understand such distinctive approximately my trouble.
    You are wonderful! Thanks!

  3. Greetings! I know this is somewhat off topic but I was wondering if you knew
    where I could locate a captcha plugin for my comment form?
    I’m using the same blog platform as yours and I’m having trouble finding
    one? Thanks a lot.!

  4. Hello there! This article couldn’t be written much better!
    Looking through this article reminds me of my previous roommate!
    He always kept preaching about this. I’ll forward this post to him.
    Pretty sure he will have a very good read. Thank you for sharing!

  5. After looking at a handful of the blog posts on your website, I honestly appreciate your technique of writing a blog. I saved it to my bookmark webpage list and will be checking back in the near future. Please visit my website too and let me know your opinion.|

  6. Good website! I truly love how it is simple on my eyes and the data are well written. I am wondering how I could be notified when a new post has been made. I’ve subscribed to your RSS feed which must do the trick! Have a nice day!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.